Documentos necessários para a declaração do IRPF 2021


DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A DECLARAÇÃO DO IRPF 2021:


Ficha de identificação

A ficha de identificação é a etapa em que o contribuinte irá informar os dados pessoas, como nome completo, CPF e endereço, sendo necessários, portanto, documento de identificação e comprovante de endereço.



Rendimentos recebidos

Os rendimentos são quaisquer valores que o contribuinte tenha recebido por trabalhos realizados ou de algum investimento. O auditor da Receita aponta que, no caso dos assalariados, as empresas contratantes disponibilizam comprovante de quanto foi pago a esse trabalhador ao longo do ano de 2020, quanto foi o 13º salário, previdência, entre outras informações.


Já quem trabalha de forma autônoma deve se responsabilizar por contabilizar os ganhos ao longo do ano passado ou contratar um contador para a tarefa.


"Se tiver algum ganho como aluguel de um imóvel também deve ser informado. Quem possui aplicações financeiras, o banco libera o informe dessas aplicações em geral, desde poupança a investimento em bolsa de valores".


Pagamentos

Os pagamentos são despesas informadas na declaração, em geral, com a finalidade de conseguir deduções do imposto. Entre as principais situações que geram deduções então:


Dependentes. Ao informar dependentes, o contribuinte consegue automaticamente uma dedução de R$ 2.275,08 por cada dependente. Para isso, ele precisa informar os dados pessoais do dependente.

Despesas com instrução. Os valores gastos com educação do titular da declaração ou de dependentes registrados também geram deduções, desde creche a pós-graduação, com limite de R$ 3.561,50 a serem deduzidos. O contribuinte deve solicitar À instituição de ensino um informe de pagamentos contento nome e CNPJ da instituição e o valor pago ao longo do ano passado.

Despesas médicas. Os gastos com saúde também podem ser inseridos na declaração, incluindo plano de saúde e atendimento particular. O contribuinte irá precisar de nota fiscal, no caso de pessoa jurídica, como clínicas, ou apenas de recibo, para pessoa física.

Pensão alimentícia. As pessoas que fazem o pagamento de pensão alimentícia também podem informar o valor total pago ao longo do ano. Nesse caso, não é necessário um documento específico, apenas o valor.


Bens

Os bens no nome do contribuinte também devem ser informados na declaração. No caso dos imóveis, a Receita está solicitando mais dados nos últimos anos.


"Antes, não pediam tantos detalhes. Colocava apenas o tipo de imóvel, endereço, data e o valor de compra. Mas agora, quem tiver a escritura, deve informar o máximo de informações, como área do imóvel, registro, e todos os detalhes presentes na documentação. Até o ano passado, era permitido que o preenchimento fosse parcial, mas é bom informar o máximo possível".


No caso de carros e motos, o contribuinte irá precisar do número da placa e do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores).


Escrito por Redação, 08:00 / 23 de Fevereiro de 2021.


Posts em Destaque
Postagens Recentes